5 dicas de sexo de estrelas pornô

14/08/2020
minutos
reading
Blurry image of Dale and his partner kissing

A pornografia é uma das primeiras educadoras sexuais em todo o mundo. O problema é que ela é centrada exclusivamente em situações tendenciosas e oferece aos jovens uma percepção distorcida de sexo e intimidade, que pode envolver comportamento violento, relacionamentos não consensuais e / ou reações irrealistas.

E a indústria adulta concorda. “Pornografia não é um guia”, afirmam as estrelas pornô Stoya e Dale Cooper. “A educação sexual não pode ser baseada na pornografia… mas, ao mesmo tempo, ela pode desempenhar um papel maior em vez de se concentrar apenas na penetração“, diz Cooper.

Stoya acrescenta: “Pornografia é um entretenimento superficial que atende a um dos desejos humanos mais básicos. Ela existe e não irá desaparecer num futuro próximo. Não vejo isso como fortalecedor ou enfraquecedor. Aparecer no set e fazer meu trabalho não é um ato de feminismo… meu posicionamento e eu somos feministas… Mas meu trabalho não é.

A educação sexual não pode ser baseada na pornografia… mas, ao mesmo tempo, ela pode desempenhar um papel maior
Dale Cooper

Em suas próprias palavras, Stoya diz: “Eu uso meu corpo para fazer pornografia de gênero binário-heterossexual para uma produtora que pretende ter o maior apelo de massa possível”. Em outras palavras, pornografia é “apenas um trabalho” tanto para Stoya quanto para Cooper… no entanto, ela torna as estrelas pornôs especialistas em diferenciar sexo e intimidade real.

Aqui estão 5 conselhos dessas estrelas para aumentar a intimidade:
White sheets
Close up of the back a couple inside a bathroom
1. Consentimento

“Uma das coisas mais problemáticas que a pornografia não mostra é a aparência do consentimento e a importância da comunicação com o parceiro antes e durante o sexo. É algo tão importante em casa quanto durante as filmagens. Como artistas, geralmente recebemos um contrato de 20 páginas que diz: ‘Aqui estão as informações de pagamento. Aqui é o que você está fazendo. Concorda com isso?’. Também há conversas constantes entre artistas e diretores, com o objetivo de manter o diálogo aberto. Ter uma conversa sobre o que os parceiros querem e não querem é a melhor maneira de aumentar o desejo e melhorar a cena. Na minha vida pessoal, é o mesmo caso. Não há nada que me excite mais do que alguém que me pergunta o que eu quero.

2. Não pule as preliminares

“Acredito que as preliminares podem ser mais intensas do que o próprio sexo com penetração. Eu mesma encaro cada interação com meu parceiro como uma preliminar. Das mensagens de texto ao jantar, até como falamos e olhamos um para o outro em público – cada ação forma uma conexão, e cada conexão tem o poder de deixar o sexo muito melhor 🙂

Dale reading a book with his feet in a swimming pool
3. Ser egoísta nunca é sexy.

É um mito que mulheres não querem gozar. Repito:

ISSO. É. UM MITO.

Certifique-se de satisfazer sua parceira, pois ela quer gozar tanto quanto você. E se por algum motivo você “acabar” muito cedo … volte e acabe com ela! Tente usar um vibrador clitoriano enquanto você a penetra também…

4. Lubrificante e lenços umedecidos são seus amigos

“Para anal, geralmente usamos (SKYN All Night Long Lubricant) ou óleo de coco orgânico*… e (lenços íntimos umedecidos) são essenciais

* Usar óleo de coco como lubrificante é prejudicial aos preservativos.

5. Esteja seguro, faça testes regularmente

“Usar proteção, testar-se regularmente e usar (preservativos) é essencial para as estrelas pornôs. É algo que a indústria como um todo faz incrivelmente bem e acho que é algo sobre o qual realmente poderíamos educar mais pessoas – é tão importante. Sexo incrível é sempre sexo seguro.

*Usar óleo de coco como lubrificante pode danificar os preservativos. 

Confidências de travesseiro

Registe-se para receber artigos atrevidos, promoções, e curiosidades sobre os próximos produtos.